18 agosto, 2007

Deus dá aos infiéis mais uma prova de que existe

* Por Josias de Souza
O apóstolo Estevam e a bispa Sônia costumam discorrer sobre Deus com tal convicção que quem os ouve fica tentado a acreditar que Deus não existe. Nesta sexta-feira (17), porém, o Todo Poderoso ofereceu aos incréus uma prova definitiva sua existência.

Guiado pelos desígnios do Senhor, um juiz norte-americano condenou o casal fundador da Igreja Renascer a 140 dias de cana dura, cinco meses de prisão domiciliar, dois anos de liberdade condicional e multa de US$ 60 mil (US$ 30 mil para cada um).

Dotado de generosidade divina, o juiz Federico Moreno ainda concedeu ao apóstolo e à bispa o benefício de um rodízio. Enquanto um estiver atrás das grades, o outro desfrutará da reclusão em domicílio. Achou que, procedendo assim, a família do casal não ficará ao desamparo.

Estevam será recolhido ao cárcere já na próxima segunda-feira. Sônia ficará reclusa, por ora, na bela mansão que os dízimos brasileiros financiaram em Miami. A sentença é irrecorrível. Presos em janeiro, o apóstolo e a bispa confessaram-se culpados em junho. Em troca, livraram-se de um júri popular, credenciaram-se à redução de pena e aceitaram a condição de não recorrer.

O crime dos dois – tentativa de entrar nos EUA com US$ 56.467 mil escondidos numa bolsa, na capa de uma bíblia e num porta-CDs — os sujeitaria a cinco anos de detenção, mais multa de US$ 250 mil. Considerando-se a sacrossanta benevolência do sistema judicial norte-americano, muitos podem continuar desconfiando da existência de Deus. Mas cabe recordar que, no Brasil, a dupla é acusada de crimes bem mais graves –de formação de quadrilha a lavagem de dinheiro — e jamais foi sentenciada a expiar os próprios pecados. Assim, louvemos o Senhor: “Aleluia, irmãos”.
_____________
* Josias de Souza é Jornalista e articulista da Folha de São Paulo

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home