05 fevereiro, 2007

Pagura visita o país depois do retorno de Ortega

Por Trinidad Vázquez

MANÁGUA, 2 de febrero (ALC) - A convite da Igreja Metodista da Nicarágua,chega hoje, a esta capital, o bispo argentino Federico Pagura,ex-presidente do Conselho Latino-Americano de Igrejas (CLAI) e umincansável batalhador pela causa ecumênica.

Pagura será recebido pelo presidente e pastor da Igreja Metodista emManágua, Elmer Zavala, e autoridades com as quais celebrará culto de açãode graças.

O religioso argentino solicitou encontro com o novo presidente daNicarágua, Daniel Ortega. Nos anos 80 do século passado, Pagura foicondecorado pelo governo sandinista com a medalha "César Agusto Sandino"pelo apoio à revolução, que no momento era combatida pelo governonorte-americano.

Na segunda-feira, 5, o líder protestante falará no programa radiofônicoOrientações, do Conselho de Igrejas Evangélicas Pró-Aliança Denominacional(CEPAD), e se entrevistará com a presidente do organismo, engenheiraDamaris Albuquerque.

O bispo emérito metodista argentino é um incansável batalhador pelosdireitos humanos no seu país. Ele esteve na Nicarágua em 1997 quando dacelebração dos 25 anos de existência do CEPAD. Na ocasião, ele foi um dosconvidados especiais, junto com o teólogo metodista Miguel Bonino, paraessa festividade.

O professor e pastor González, hoje presidente da Junta Diretiva daUniversidade Evangélica Nicaragüense (UENIC), disse que o bispo Pagura éum símbolo na luta contra a ditadura na América do Sul nos anos 60 e 70 doséculo passado. "Nesse período, de torturas e mortes, Pagura exortou aigreja evangélica a levantar sua voz profética", lembrou.

Para o diretor do Centro Intereclesial de Estudos Teológicos e Sociais(CIEETS), Jairo Arce, Pagura é um verdadeiro profeta e um lutador contra ainjustiça.

---------------------------------------------------------------------------------
Agência Latino-Americana e Caribenha de Comunicação

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home