25 janeiro, 2007

Bento XVI terá encontro com presidente Lula em maio

SÃO PAULO, 25 de janeiro (ALC) – O papa Bento XVI visitará o Brasil em maio, quando será recebido pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, participará de encontro com a juventude católica, oficiará duas missas, uma em São Paulo e outra em Aparecida do Norte, e abrirá a V Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano e Caribenho (CELAM).

A nunciatura apostólica deverá informar, nos próximos dias, o programa oficial da visita de Bento XVI no Brasil. O papa desembarcará na Base Aérea de São Paulo, em Cumbica, no dia 9 de maio, quando será recebido pelo presidente Lula, o governador paulista José Serra, o prefeito da cidade, Gilberto Kassab, e por autoridades da igreja.

Bento XVI deverá se encontrar com o presidente Lula a portas fechadas, na quinta-feira, 10, provavelmente no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, segundo o jornal O Estado de São Paulo. O papa ficará hospedado no Mosteiro de São Bento, no centro da cidade. No final da tarde da quinta-feira, ele participará de encontro com a juventude católica, no Estádio do Pacaembu.

Na sexta-feira, 11, Bento XVI oficiará missa aberta ao público, no Campo de Marte,na zona norte da capital, da qual devem participar 1 milhão de católicos. À tarde, o papa terá encontro com o episcopado brasileiro, na Catedral da Sé.

Depois, o papa viajará para Aparecida do Norte, onde, no sábado, 12, ele conhecerá a Fazenda da Esperança, em Guaratinguetá, que recupera dependentes químicos. No domingo, 13, pela manhã, ele oficiará missa na basílica da cidade e, à tarde, abrirá o encontro do CELAM. Bento XVI regressa para a Itália no domingo, 13.

Em 18 dias de conferências do CELAM, bispos da América Latina e do Caribe vão refletir a respeito das injustiças sociais estruturadas, a violência, o desrespeito à vida, a desagregação familiar, a destruição do ambiente, a necessidade de maior justiça nas relações globais entre os povos, os novos colonialismos gerados pelo mercado.

“A Conferência de Aparecida será uma ocasião para perscrutar, com o olhar da fé cristã e a motivação dada pela missão da Igreja, as várias realidades da vida dos nossos povos. Trata-se de ouvir a voz de Deus na voz dos tempos”, definiu o secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Odilo Scherer, em entrevista ao jornal O São Paulo.

---------------------------------------------------------------------------------
Agência Latino-Americana e Caribenha de Comunicação

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home