18 maio, 2009

Avivamento e o compromisso social metodista, na Inglaterra, no século XVIII (Odilon Massolar Chaves)



"Avivamento e o compromisso social metodista, na Inglaterra, no século XVIII: uma busca de subsídios para a identidade do metodismo brasileiro no 3º milênio" é o nome da tese de doutorado do Rev. Odilon Massolar Chaves que acaba de ser publicada no site da Igreja Metodista de Vila Isabel (www.metodistavilaisabel.org.br).

Esta pesquisa tem o propósito de dar uma contribuição para a elaboração histórica sobre o Avivamento e o Compromisso Social Metodista, no século XVIII, na Inglaterra cujo subsídio poderá servir para a identidade metodista no novo milênio. Tanto o avivamento, que surgiu como com conseqüência do forte mover do Espírito Santo, bem como a atuação do povo metodista junto às camadas pobres, como resultado da prática das Obras de Misericórdia, sempre andaram juntas. Fé e obras ou espiritualidade e ação social eram partes integrantes de uma mesma mensagem, que pode ser resumida como “a fé que atua pelo amor”. A ênfase na salvação total do ser humano, com o passar dos anos, passou a ser entendida de maneira diferente pelos novos grupos que surgiram na Igreja e que passaram a enfatizar a salvação da alma (Espiritualismo) e o Compromisso Social (Evangelho Social). Mais recentemente, a partir da década de sessenta, esses grupos passaram a ter novos nomes: Teologia da Libertação e Movimento Carismático. As divisões ocorridas, no último século, no metodismo brasileiro, foram conseqüências, em grande parte, do radicalismo entre esses dois grupos.

O link para o texto no site da Vila é:
http://www.metodistavilaisabel.org.br/artigosepublicacoes/descricao.asp?n=0

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home